Categoria: Projetos

Ler mais

De volta!

Enfim, voltaaaamos! Depois de um tempo mais focado em estudos e práticas, estamos novamente na ativa, e agora de cara nova, com um logo carinhosamente feito pelo amigo Romulo Osthues, da cia O Quintal de Fulana e Melão . A sagrada força da tríade feminina, a diversidade e a união dos povos, e o resgate das sementes crioulas foram algumas de nossas inspirações para o novo logo. E mudamos também o visual do blog! Já deram uma olhada em como ele ficou mais dinâmico?

E não haveria data mais especial: voltamos no Dia Internacional da Mulher! Por isso queremos dar um salve a todas as mulheres e, em especial, às mulheres da terra, das águas e das florestas. Gratidão imensa a todas vocês, que de uma conexão de sabedoria com a natureza, contribuem para a preservação da biodiversidade e para a soberania alimentar dos povos!

Anúncios
Ler mais

Vem plantar tudo de novo!

Foi num luau em volta da fogueira, em noite de lua nova, quando pela primeira vez ouvi Conrado Pera cantar e tocar. A música, se bem me lembro, era “Cabelo de Milho”, do grande mestre Sivuca. “Quanta água no coco e o riacho tão seco e só. O cercado é de toco e o arado é de pedra e pó…”, dizia parte da canção… E até hoje sinto que não haveria melhor maneira de ser recebida pela mágica cidade de Alto Paraíso, no coração da Chapada dos Veadeiros (GO), em abril do ano passado.

Enga: entre rodas, fogueiras, artes e trocas de experiências

enga-as-sementeirasMês passado tivemos a alegria de participar do Enga, o Encontro Nacional dos Grupos de Agroecologia. Pensem em um evento que teve todo o cuidado de ser sustentável e coerente com todos os ideais que busca em nossa sociedade… Pois é. Os dias entre 12 e 16 de novembro foram regados a muitas partilhas de conhecimentos e bons sentimentos. Regados a uma deliciosa comida vegetariana, com direito a muitas frutas, legumes, verduras e grãos, provindos, em sua maioria, da agricultura familiar, dos assentamentos da reforma agrária e dos grupos de agroecologia. Isso sem contar os produtos de higiene pessoal oferecidos aos participantes, todos com bases ecológicas: sabonetes, shampoo, pó dental e enxaguante bucal.

Ler mais

Paraíso orgânico pertinho de São Paulo

Não restaram dúvidas na hora de pensar qual seria nosso primeiro post do blog. Afinal, foi no Sítio Olho d’Água onde começamos a resgatar nossa sintonia com a mãe-natureza. Foi ali, em meio a montanhas, hortas, construções ecológicas e pessoas muito especiais, onde partilhamos uma nova forma de (vi)ver o mundo – uma vida baseada nos conceitos da permacultura. Foram cinco dias de muitos aprendizados, experiências, e de autoconhecimento: a primeira de uma série de vivências que vem transformando nossas vidas…

Bem-vindas e bem-vindos!

Sim, a vida pode ser leve e simples. Pode ser uma aventura deliciosa para quem se permite lançar rumo ao desconhecido. E foi assim que colocamos o pé na estrada, que nos permitimos sair por aí viajando e colhendo experiências incríveis. Superamos os nossos velhos paradigmas, o cotidiano, a monotonia, a inércia. E deixamos florir, desabrochar, frutificar a vida que existe dentro de nós. Depois colocamos o pé na terra, literalmente, e conhecemos a permacultura, a vida simples e cheia de conhecimentos ancestrais guardados. E por tudo que vivenciamos desde então, cultivamos o blog as sementeiras , fruto da nossa ânsia em compartilhar e trocar informações sobre uma nova forma de ver o mundo, de enxergar a realidade e de viver. Utópico ou não, com ele temos o anseio de fazer a diferença e mudar o sistema em que vivemos, a começar por nós mesmas. E, quem sabe, plantar em cada pessoa uma semente para o despertar de sua consciência.

Confira agora algumas sementes do que vem por aí: