Autor: Luciana Teruel

Sonhadora, livre, eterna viajante. Movimentos vagarosos, querendo morar em cada coisa e lugar. Descendo à origem de tudo, apaixonada por cada parte do caminho. Alma no passado, no presente e no futuro. Exploradora de raízes, de um mundo histórico, filosófico, religioso e poético, em palavras aparentemente banais. Devota de estorias, fábulas, imaginação. Crente na energia Divina e na força da natureza. Pesquisadora permanente do ser humano. Amante de pessoas simples, sinceras e apaixonadas pela vida que vivem. Peregrina, sem morada fixa. Troco minha força de trabalho por um sorriso, pela necessidade do outro atendida. Larguei meu abismo interior para me lançar na felicidade de realmente viver.
Ler mais

Omelete de feijão… sem ovos?

Sim, sim, sim. Nós temos omelete sem ovo! Outro dia participamos de um curso de Culinária Viva no Centro Cultural Vrinda, em São Paulo, e foi ali que, pela primeira vez, ouvimos falar que sim, existe omelete sem ovo! Ele pode ser feito com grão de bico ou feijão e é suuuper fácil! Em nossa primeira experiência, usamos o feijão fradinho, e não é que ficou in-crí-vel!? (Senti até um certo gosto de ovo rs!). Então aí vai a nossa receita e as dicas pra vocês mesmos comerem com seus próprios olhos… e boca!

Anúncios
Ler mais

Lapinha da Serra, das belezas naturais e da permacultura na prática

Escondida em meio a Serra do Cipó fica a fascinante Lapinha da Serra, no coração de Minas Gerais. Para encontrá-la é preciso percorrer estradas sinuosas e atravessar uma das serras mais bonitas do Brasil, a Serra do Espinhaço.

Ler mais

Para as festas de fim de ano… batatalhoada!

Natal significa a oportunidade de (re)nascer o amor em nós. Uma oportunidade de nos (re)conectar ao sagrado, ao divino, e sinto que não podemos comemorar nenhum Natal sem render nossos corações… Para mim, este é o espírito de Natal. E é em respeito ao amor por todos os animais que compartilhamos aqui uma deliciosa receita vegana (sem ingredientes de origem animal) para essa data de renascimento. Receita esta que também pode ser o carro-chefe da ceia de Ano Novo, outra oportunidade para renovar o amor, a fé e a esperança.

É hora de repensar nosso consumo

Consumo consciente
Do blog: Lugar do bem

A mudança está, primeiramente, em nós mesmas.

Podemos fazer muito mais em nosso dia-a-dia para mudar o que está posto e que tanto criticamos. Reciclar o lixo é importante, claro. Mas, mais importante ainda é diminuir nosso consumo – aquele consumismo tão enraizado em nós pelos meios de comunicação e pelo sistema capitalista no qual vivemos… Mudar isso é escolha nossa e, garanto, é mais fácil do que podemos imaginar…

A força do troca-troca

A TROCA é uma iniciativa simples e que muito se assemelha ao nosso antigo modelo de mercado, o escambo. Ideia essa que podemos trazer para o nosso dia a dia: trocar produtos, serviços, informações, ajuda, qualquer coisa que quisermos e precisarmos. Podemos assim evitar a compra de um produto buscando a troca como uma alternativa para ter aquilo que é necessário. E digo, aquilo que é necessário, e não o acumulo desenfreado de coisas.

feira de troca

O poder nas mãos

Deeksha

Caminhávamos pelo místico vilarejo do Vale do Capão, na Chapada Diamantina, quando entramos em um centro voltado à espiritualidade, o Lothlorien. Uma moça simpática nos apresentou todo o espaço e nos convidou a participar da Deeksha. Resumidamente nos disse que era uma benção, parecida com o Reik, e que quem a conduziria naquele dia seria Bhaskar, um grande conhecedor dessa prática. Ele, e seus alunos, fariam a última prática da vivência que acabara de acontecer ali. Com as mãos sobre nossas cabeças, eles despertariam nossa consciência. 

Qual a diferença entre óleo vegetal e essencial?

Quando me fiz essa pergunta pela primeira vez, estava participando da oficina de cosméticos naturais realizada pelo Canto da Horta durante a Virada Sustentável, que aconteceu de 5 a 9 de junho, em São Paulo.

A arte-educadora ambiental Andréia Pimentel foi clara: os óleos essências são extraídos de folhas (como hortelã-pimenta), raízes (gengibre), flores (lavanda), caules (cedro) e frutos (bergamota). Já os vegetais são gorduras extraídas, principalmente, das sementes de plantas e frutas.

O que possuem em comum? Ambos são matérias-primas super importantes para os cuidados com o corpo, a saúde e a alimentação, sendo geralmente componentes de ação terapêutica das plantas medicinais. Tanto os vegetais, quanto os essenciais, possuem cores suaves e transparentes. E a validade da maioria dos óleos é de 2 anos. Melhor que isso? São naturais…

Minhocas em casa?

Minhocário
Infográfico do blog Permacultura na Escola

Para quem não sabe, um minhocário, também chamado de minhocasa ou composteira doméstica, é uma residência de minhocas. Por isso, o elemento principal são as minhocas. Pelo baixo custo, necessidade de pouco espaço e simples manuseio, não há razões para não ter um em casa (ou apartamento).

3 razões para ter um minhocário