Omelete de feijão… sem ovos?

Sim, sim, sim. Nós temos omelete sem ovo! Outro dia participamos de um curso de Culinária Viva no Centro Cultural Vrinda, em São Paulo, e foi ali que, pela primeira vez, ouvimos falar que sim, existe omelete sem ovo! Ele pode ser feito com grão de bico ou feijão e é suuuper fácil! Em nossa primeira experiência, usamos o feijão fradinho, e não é que ficou in-crí-vel!? (Senti até um certo gosto de ovo rs!). Então aí vai a nossa receita e as dicas pra vocês mesmos comerem com seus próprios olhos… e boca!

Ingredientes: 

  • feijão fradinho
  • salsinha e cebolinha picadas
  • gengibre em pó
  • alecrim seco triturado
  • zatar (mistura de especiarias usadas no Oriente Médio)
  • açafrão para dar a cor amarela
  • sal

Preparo: 

Foto do blog Dieta Viva
Foto do blog Dieta Viva

O mais importante de tudo é germinar os grãos de feijão, por isso deixe-os de molho da noite para o dia. Depois escorra toda a água e lave-os bem. Coloque-os num frasco de vidro fechado com um tule a 45° para que toda a água escorra. Eles devem ser lavados e umedecidos umas 3 vezes ao dia. O processo de germinação estará pronto para virar omelete em 2 dias, quando você já começa a ver os brotinhos nascerem. 

as_sementeiras_02Depois de germinados, coloque os grãos no liquidificador e bata bem. Não é necessário acrescentar água, pois eles estarão bem hidratados. O resultado é uma massa super aerada. Coloque essa massa numa tigela e acrescente os temperos mexendo para que incorporem bem a massa. Por último, passe um fio de azeite na frigideira e despeje a massa no tamanho e altura que desejar o omelete…. Pronto! Agora é só se deliciar!

* Os temperos, bem como suas quantidades, são a gosto.

* A base da massa fizemos com feijão fradinho e ficou muito bom, mas já ouvimos dizer que o de grão de bico germinado também é incrível! Em breve vamos tentar com outros tipos de feijões e logo logo atualizaremos o post! Em relação à quantidade, colocamos dois copos cheios (tipo requeijão) de feijão para germinar, o que depois nos rendeu 3 omeletes com uns 15 cm de diâmetro e uns 2 cm de altura.

Para saber mais…

* Alimentação Viva é uma dieta surgida nos anos 90 na qual só é permitido o consumo de alimentos crus, grãos germinados e frutos frescos e secos. É baseada no conceito de que as altas temperaturas destroem os nutrientes e os fitoquímicos, que são fundamentais para a saúde.

* Centro Cultural Vrinda é um Centro Cultural que dissemina consciência e bem-estar através de yoga, alimentação saudável, meditação, mantras e festivais indianos. Fica na rua Muniz de Sousa, 774 – Aclimação, São Paulo/SP.

 

 

 

Anúncios
Marcado como: