Lapinha da Serra, das belezas naturais e da permacultura na prática

Escondida em meio a Serra do Cipó fica a fascinante Lapinha da Serra, no coração de Minas Gerais. Para encontrá-la é preciso percorrer estradas sinuosas e atravessar uma das serras mais bonitas do Brasil, a Serra do Espinhaço.

Conhecemos este apaixonante vilarejo pela indicação dos amigos Rodrigo e Bruno, do Projeto Multiplica, quando cruzamos com eles pela Chapada dos Veadeiros, em Goiás.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (1)

Ao avistar as primeiras casinhas, não imaginávamos a paisagem exuberante que se apresentaria logo mais à nossa frente. O centro da vila é uma graça, com sua igrejinha no centro e bares, mercadinhos e restaurantes ao redor. Tudo com aquele clima aconchegante, bem típico das cidadezinhas do interior de Minas. E como chegamos num fim de semana, as pequenas ruas de terra estavam tomadas por seus moradores e viajantes sedentos pela natureza e magia do lugar.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (6)

Mais à frente seguimos o fluxo, e vimos que muitas pessoas se dirigiam a uma mesma ruazinha. Depois de passar por alguns restaurantes (todos simples e de aroma hipnotizante), começamos a trilha de acesso ao paraíso. Então chegamos a um grande lago rodeado por uma das cadeias montanhosas mais bonitas que já vimos. Era difícil de acreditar que aquele lugar realmente existia. Encantadas com tamanha beleza e energia, estávamos aos pés da Serra do Espinhaço.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (5)

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (2)

Depois de revigorar a alma, seguimos para o Sítio Entoá, do Instituto EcoVida São Miguel, nosso destino na Lapinha da Serra. O sítio é incrível e em cada canto é possível perceber tamanha dedicação e harmonia da Chris e do Gustavo, ao lado das pequenas Ana Rosa e Flora. Depois de quatro anos vivendo ali sem energia elétrica e água encanada, a permacultura foi surgindo da vida deles de forma intuitiva. Não à toa, é um dos poucos lugares onde vimos as pessoas realmente viverem como o desenho da flor da permacultura nos sugere.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (3)

Ali tem muita bio-construção, reaproveitamento de materiais, banheiro seco, telhado verde, coleta de água da chuva (uma cisterna de 50 mil litros!), ervas medicinais, produtos naturais feitos lá mesmo pela Chris e pelo Gu, além de muito carinho para receber e compartilhar experiências com quem chegar. Sem dúvidas, um desses lugares que nos mostram como é possível alcançar a sustentabilidade em nossas vidas. E alcançá-la de uma forma leve, sempre em harmonia com a mãe-Terra, contemplando tudo o que ela nos provê. Um trabalho de impressionar e encher nossos corações de esperança. E hoje somos só gratidão por todas as reflexões que essa família iluminada nos trouxe.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (4)

O que fazer na Lapinha?

  • Só o trajeto até ao vilarejo já vale a pena. Para quem vem de Diamantina (como foi o nosso caso), o acesso é pela Estrada Real, passando por São Gonçalo do Rio das Pedras (que em breve terá um post aqui), Milho Verde, Conceição do Mato Dentro e Serra do Cipó.
  • Conhecer o Sítio Entoá e suas vivências em técnicas de bio-construção. Isso sem contar os cosméticos naturais e as medicinas feitas ali. O nome não poderia ser melhor: Consciência do Cerrado, uma constante valorização do bioma e da cultura local por meio do beneficiamento de plantas medicinais utilizadas na região.
  • Comer no Padma Chai, um espaço com café da manhã, almoço e lanches vegetarianos, além de empório com produtos integrais, artesanato e vivências. Não deixe de experimentar os deliciosos pães, patês, bolachas e outros produtos feitos com muito amor pelo casal Gui e Nalin que criaram a marca Graom Terra Alimentos Integrais.
  • Várias trilhas, travessias, lagoas, rios, grutas, sítios arqueológicos e cachoeiras. Inclusive é por ali que começa a famosa travessia Lapinha X Tabuleiro, realizada em 3 dias, com 42 km de extensão. A trilha passa pela Serra do Espinhaço, que pode ser considerada a única cordilheira do Brasil, com 1.000 metros de extensão passando por Minas Gerais e Bahia.

Lapinha_da_Serra_as_sementeiras (7)Gratidão à vida por nos permitir conhecer lugares tão especiais como a Lapinha da Serra. Mais que isso, por fazer nossas vidas cruzarem com pessoas que tanto nos inspiram.

Anúncios
Marcado como: